fbpx

As opiniões de Keith Richards

Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones, nunca foi alguém de poupar palavras quando se trata de criticar seus colegas músicos. Como metade de uma das parcerias de composição mais icônicas do mundo e um verdadeiro herói da guitarra, sua franqueza e opiniões contundentes têm sido um traço constante ao longo de sua carreira.

Richards é a epítome do estilo de vida rock’n’roll. Sua música, amplamente conhecida e influente, reflete uma vida marcada por episódios de sobrevivência, encontros com a morte e a lei, e romances de alto perfil. A trajetória do guitarrista mostra uma resistência impressionante às mudanças e adversidades, mantendo-se sempre no centro das atenções.

A voz crítica de Keith Richards é tão marcante quanto suas habilidades na guitarra. Ele não hesita em expressar suas opiniões, mesmo que isso signifique ser rude com outros artistas. Entre suas declarações polêmicas, destaca-se sua opinião sobre Prince, aclamado músico que abriu shows para os Rolling Stones em 1981.

Prince foi convidado para abrir dois shows da banda britânica em Los Angeles, mas seu estilo não agradou à multidão. Após uma recepção hostil no primeiro show, Prince saiu do palco furioso, prometendo nunca mais tocar com os Rolling Stones. Richards não ficou impressionado com o comportamento do músico e o chamou de “anão superestimado”. A controvérsia continuou quando, em uma entrevista em 1988, Richards comparou Prince aos Monkees, uma banda conhecida por ser “fabricada” nos anos 1960.

Richards sempre deixou claro que suas opiniões vêm de um lugar de profunda convicção. Ele não tem medo de expressar suas críticas, seja contra bandas de metal como Metallica e Black Sabbath, ou contra outros ícones da música pop. Sua percepção do mundo do rock é inabalável, e ele muitas vezes se refere ao seu passado para justificar suas opiniões.

A comparação de Prince com os Monkees causou alvoroço. Para Richards, Prince era mais um manipulador da indústria do que um músico autêntico. Em sua visão, a música de Prince carecia de substância, sendo mais uma “viagem de Pee-wee Herman” do que algo realmente significativo.

Richards, com seu estilo de vida selvagem e visões contundentes, sempre foi uma figura controversa. Sua opinião sobre Prince pode não ser popular entre os fãs do artista de ‘Purple Rain’, mas reflete a autenticidade intransigente de um dos mais icônicos roqueiros de todos os tempos. É essa autenticidade que o mantém relevante e respeitado, mesmo quando suas palavras causam agitação na indústria musical.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade