fbpx

Uma breve história da NWOBHM + 5 discos essenciais para entender o estilo

No final dos anos 70, uma nova geração de bandas de heavy metal emergiu do Reino Unido, trazendo consigo um som mais rápido, mais cru e mais direto. Este movimento, conhecido como New Wave of British Heavy Metal (NWOBHM), não apenas revitalizou o gênero, mas também influenciou o desenvolvimento do metal em todo o mundo.

O surgimento da NWOBHM pode ser rastreado até o final da década de 1970, quando o punk rock estava em declínio, o rock progressivo começava a perder seu apelo entre os jovens e a new wave dominava o mercado musical. Neste cenário, bandas como Iron Maiden, Def Leppard e Saxon começaram a ganhar destaque, tocando em pequenos clubes e gravando demos que capturavam a atenção de uma base de fãs fervorosa e crescente. Soma-se a isso atitude DIY das novas bandas de metal, herdada do punk, levou à disseminação de gravações com som cru e uma proliferação de gravadoras independentes.

Portanto, a NWOBHM começou como um fenômeno underground crescendo em paralelo ao punk e foi amplamente ignorada pela mídia. Foi apenas através da promoção do DJ de rock Neal Kay e da campanha do Sounds que alcançou a consciência pública e ganhou espaço na rádio, reconhecimento e sucesso no Reino Unido. O movimento envolveu principalmente músicos e fãs jovens, brancos, masculinos e da classe trabalhadora, que sofreram as dificuldades trazidas pelo aumento do desemprego nos anos após a recessão de 1973-75. Como reação à sua realidade sombria, eles criaram uma comunidade separada da sociedade mainstream para desfrutar da companhia uns dos outros e de sua música alta favorita.

As bandas do NWOBHM

Iron Maiden, formada em 1975, é frequentemente citada como uma das bandas mais influentes do movimento. Com seu som característico, marcado por guitarras gêmeas e a voz poderosa de Bruce Dickinson, a banda alcançou sucesso internacional com álbuns como “The Number of the Beast” e “Piece of Mind”. Outra banda que se destacou foi o Def Leppard, cujo estilo mesclava o heavy metal com elementos do rock melódico, resultando em um apelo mais amplo e uma série de hits radiofônicos.

Saxon, por sua vez, manteve-se fiel às raízes do metal tradicional, com hinos como “Wheels of Steel” e “Denim and Leather” que se tornaram clássicos do gênero. Além dessas, outras bandas como Judas Priest, com seu álbum “British Steel”, e Motörhead, liderada pelo icônico Lemmy Kilmister, também foram fundamentais para definir o som e a atitude da NWOBHM.

E dessas e outras bandas surgiram as músicas que ganharam destaque durante esse período refletiam uma variedade de temas, desde o ocultismo e a fantasia até a realidade sócio-política da época. “Ace of Spades” do Motörhead, “Breaking the Law” do Judas Priest e “Run to the Hills” do Iron Maiden são apenas alguns exemplos de faixas que não apenas definiram o som da época, mas também se tornaram hinos atemporais do heavy metal.

A influência da NWOBHM estendeu-se além das fronteiras do Reino Unido, inspirando inúmeras bandas ao redor do mundo e dando origem a subgêneros como o thrash metal e o power metal. O legado dessas bandas pioneiras ainda é sentido hoje, não apenas na música que continuam a produzir, mas também na nova geração de bandas que seguem seus passos.

A New Wave of British Heavy Metal foi mais do que apenas uma cena musical; foi um movimento cultural que redefiniu o heavy metal e solidificou sua posição como uma das formas de expressão mais vibrantes e duradouras do rock. E enquanto as ondas do tempo podem ter desgastado muitas tendências musicais, o ferro e o fogo da NWOBHM permanecem tão fortes quanto sempre.

5 discos essenciais para entender a NWOBHM

Segue os cinco discos essenciais que não só definiram o gênero, mas também deixaram um legado duradouro na música.

Iron Maiden – Iron Maiden (1980)

O álbum de estreia do Iron Maiden é um marco do NWOBHM, apresentando uma mistura de velocidade e melodia que se tornaria a assinatura da banda. Com faixas como “Phantom of the Opera” e “Running Free”, o disco estabeleceu o Iron Maiden como líderes do movimento.

Saxon – Wheels of Steel (1980)

“Wheels of Steel” é frequentemente citado como um dos álbuns mais influentes do NWOBHM. Com hinos como a faixa-título e “747 (Strangers in the Night)”, o Saxon capturou a energia crua e a atitude do heavy metal.

Diamond Head – Lightning to the Nations (1980)


Este álbum é conhecido por sua inovação e influência, com riffs que inspirariam inúmeras bandas, incluindo o Metallica. “Am I Evil?” é uma das faixas mais emblemáticas do disco e do gênero como um todo.

Judas Priest – British Steel (1980)


Embora o Judas Priest já estivesse estabelecido antes do surgimento do NWOBHM, “British Steel” capturou o espírito do movimento com clássicos como “Breaking the Law” e “Living After Midnight”, solidificando seu lugar na história do heavy metal.

Def Leppard – On Through the Night (1980)

O álbum de estreia do Def Leppard mostrou um lado mais acessível do NWOBHM, com uma sonoridade que apelava tanto para os fãs de hard rock quanto para os de heavy metal. Faixas como “Wasted” e “Rock Brigade” demonstram a habilidade da banda em criar músicas cativantes.

Álbum Bônus

Motörhead – Ace of Spades (1980)

Embora Motörhead tenha começado antes do NWOBHM, “Ace of Spades” capturou a atitude e a velocidade que se tornariam sinônimos do movimento. A faixa-título é um hino eterno do rock e do metal.

Ouça a playlist Álbuns Essenciais da Disconecta

Autor

Uma resposta para “Uma breve história da NWOBHM + 5 discos essenciais para entender o estilo”

  1. Avatar de Julio Mauro

    É raro vc achar uma banda de NWOBHM ruim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade