fbpx

O culto a Ostra Azul

Após um longo hiato tentando alcançar o tão esperado sucesso com outros nomes (Soft White Underbelly e Oaxaca) os então então estudantes de Stony Brook College resolver partir pra uma coisa mais psicodélica. Adotam o nome de Blue Öyster Cult, talvez levados pelas alucinações lisérgicas, tão comum no final dos anos 60 e até hoje usados nas raves.

Até aí tudo bem, já tinham lançado 2 discos bons (Blue Oÿster Cult e Tyranny and Mutation). Mas o sucesso veio mesmo com o terceiro disco lançado em 1974 e completando 50 anos agora em 2024, Secret Treties que continha um de seus maiores sucessos, Astronomy (mais seria regravada pelo Metallica), além de Carrer of Evil (escrita por Patti Smith), Subhuman, Flaming Telepaths, Dominate and Submission entre outras que eram a cara da banda, caprichando em pesadas alusões políticas, militarismo e até preocupantes referências nazistas.

O disco faz parte de uma trilogia lançado no primeiro disco chamada “trilogia preto e branco”. Foi aqui que Eric Bloom, Donald Roeser, Allen Lanier e Joe e Albert Bouchard encontraram a sua identidade. Suas habilidades de composição melhoraram o suficiente para permitir que eles pudessem continuar a explorar uma gama variada de estilos e temas líricos.

Crédito: Acervo Pessoal

Este talvez seja o disco com maior influência de bandas britânicas no som da banda: Hawkind e Pink Faires, só pra citar as mais importantes. A capa, que teve a arte assinada por Ron Lesser, mostra o grupo ao lado e sentado em um caça alemão ME-262.

Enquanto a versão da capa em LP traz o nome da banda em vermelho, na versão em CD, o nome está em verde limão.

Secret Treaties é considerado o disco com as canções com riffs carregados de overdrive, mantendo o peso e a atmosfera das temáticas misteriosas e ocultistas dos trabalhos anteriores da banda. Ainda é considerado o melhor trabalho dos caras.

Curiosidades

A faixa Career of Evil foi a inspiração para o título do romance de mesmo nome de Robert Gailbraith, pseudônimo da escritora J.K. Rowling (a autora de Harry Potter), lançado em 2015.

A turnê desse álbum renderia o primeiro ao vivo do BÖC, On your Feet or On Your Knees, e a cara e superproduzida turnê, com palcos imensos e uso de lasers, foi uma aposta da Atlantic no som do grupo devido a resposta da crítica a Secret Treaties.

Em suma, o caminho estava aberto para o multiplatinado Agents Of Fortune, quando então o mundo inteiro cairia aos pés do estranho culto da ostra azul.

Crédito: Acervo Pessoal

Crédito da imagem destacada: Divulgação


Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *