fbpx

A cena fértil de hardcore punk e post hardcore de Baltimore, Maryland, EUA.

Baltimore é uma cidade conhecida por sua história, sua cultura e sua diversidade. Mas também é uma cidade que tem uma cena musical vibrante e underground, especialmente no que diz respeito ao hardcore punk e ao post hardcore. Esses gêneros, que surgiram nos anos 70 e 80 como uma forma de expressão contestatória, política e social, encontraram em Baltimore um terreno fértil para se desenvolver e se renovar.

Desde os anos 2000, Baltimore tem sido palco de bandas locais e nacionais que mantêm vivo o espírito do hardcore punk e do post hardcore, com sons pesados, rápidos e agressivos, mas também com experimentações, influências e mensagens variadas. Neste artigo, vamos conhecer algumas dessas bandas e os espaços onde elas se apresentam, mostrando como a cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é rica, diversa e relevante.

Vista aérea da cidade de Baltimore

Bandas de post hardcore e post punk

Uma das bandas mais conhecidas e influentes da cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é Turnstile, formada em 2010 por membros de outras bandas locais, como Trapped Under Ice e Diamond Youth. Turnstile mistura elementos do hardcore tradicional, do metal, do funk e do rock alternativo, criando um som energético, dançante e cativante. A banda já lançou três álbuns de estúdio, sendo o mais recente Glow On, de 2021, que recebeu elogios da crítica e do público. Turnstile já fez turnês pelo mundo todo, dividindo o palco com bandas como Every Time I Die, Touché Amoré e Madball.

Banda Turnstile – Foto divulgação

Outra banda que se destaca na cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é Angel Du$t, formada em 2013 por membros de Turnstile e Trapped Under Ice. Angel Du$t tem um som mais melódico e pop, mas ainda com a pegada e a atitude do hardcore. A banda já lançou quatro álbuns de estúdio, sendo o mais recente Pretty Buff, de 2019, que contou com a produção de Will Yip, renomado produtor de bandas como Title Fight, Citizen e Tigers Jaw. Angel Du$t também já fez turnês pelo mundo todo, tocando com bandas como Basement, Bayside e The Menzingers.

Banda Angel Du$t, foto: Elyza Reinhart

Uma banda que representa a vertente mais experimental e artística do post hardcore em Baltimore é Horse Lords, formada em 2010. Horse Lords faz um som complexo, hipnótico e desafiador, que combina elementos do rock, do jazz, da música eletrônica, da música minimalista e da música africana. A banda usa instrumentos modificados, como guitarras com afinações alternativas e saxofones com microtons, para criar texturas sonoras únicas e envolventes. O grupo já lançou dois álbuns e dois EPs, sendo o mais recente The Common Task, de 2020, que foi aclamado pela crítica especializada. Horse Lords já tocou em festivais como SXSW, Hopscotch e Moogfest, e já abriu shows para bandas como Battles, Matmos e Deerhoof.

Banda Horse Lords, foto: Margaret Rorison

Espaços

Um dos espaços mais importantes e tradicionais para a cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é o Ottobar, um clube localizado no bairro de Remington, que funciona desde 1997. O Ottobar tem capacidade para cerca de 300 pessoas e conta com um palco, um bar, uma pista de dança e uma área de jogos. O Ottobar recebe shows de bandas locais e nacionais, de diversos gêneros musicais, mas com ênfase no hardcore, no punk, no metal e no rock alternativo. O Ottobar já foi palco de bandas como Subhumans, The Casualties, Agnostic Front, Sick of It All, Fugazi, Bad Brains, Minor Threat e Bikini Kill .

Outro espaço que tem uma grande importância para a cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é o Metro Gallery, uma galeria de arte e um espaço para shows localizado no bairro de Station North, que funciona desde 2007. O Metro Gallery tem capacidade para cerca de 200 pessoas e conta com um palco, um bar, um lounge e uma área de exposições. O Metro Gallery recebe shows de bandas locais e nacionais, de diversos gêneros musicais, mas com foco no hardcore, no punk, no metal e no rock independente. O Metro Gallery já foi palco de bandas como Ceremony, Pianos Become the Teeth, La Dispute, Touche Amore, Defeater e Modern Life Is War.

Um espaço que representa a cena mais underground e DIY (do it yourself) de hardcore punk e post hardcore de Baltimore é o Charm City Art Space, um espaço comunitário e cooperativo localizado no bairro de Mount Vernon, que funciona desde 2002. O Charm City Art Space tem capacidade para cerca de 100 pessoas e conta com um palco, um bar, uma biblioteca, uma oficina e uma área de convivência. O Charm City Art Space recebe shows de bandas locais e nacionais, de diversos gêneros musicais, mas com predominância do hardcore, do punk, do metal e do rock alternativo. O Charm City Art Space também promove eventos culturais, educacionais e sociais, como exposições, workshops, palestras e feiras. O Charm City Art Space já foi palco de bandas como Black Flag, Negative Approach, Government Issue, Iron Reagan e Municipal Waste.

Conclusão

A cena de hardcore punk e post hardcore de Baltimore, Maryland, EUA, é uma cena que tem uma longa história, uma grande diversidade e uma forte identidade. É uma cena que se mantém viva e ativa, graças ao trabalho e à paixão de bandas, espaços, produtores, fãs e ativistas. É uma cena que merece ser conhecida, reconhecida e apreciada por todos os amantes da música e da cultura.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade