fbpx

Cinco artistas que Mick Jagger odiava

Mick Jagger conquistou o direito de dizer o que quiser sobre quem ele quiser. Como líder da maior banda de rock and roll da história, o cantor dos Rolling Stones está no topo da cadeia alimentar musical. Mas de sua posição no alto, ele é frequentemente encontrado atirando pedras verbais nas pessoas que estão abaixo.

O cantor nunca teve vergonha de compartilhar suas opiniões musicais, sendo frequentemente visto criticando colegas e artistas. Alimentar rixas parece ser um passatempo que ele e Keith Richards compartilham, já que o guitarrista também fez alguns julgamentos sobre alguns artistas.

Jagger não guarda suas opiniões para si mesmo, como evidenciado por inúmeras entrevistas onde fala menos sobre seu próprio trabalho e mais sobre a carreira dos outros. Ele deixa seus pensamentos e sentimentos sobre uma variedade de artistas amplamente conhecidos.

Por outro lado, é fácil encontrar elogios para as bandas que Jagger gosta. Ele era um grande fã de Prince, David Bowie e até de bandas modernas como The Strokes. No entanto, para os artistas de que não gosta, ele nunca mediu palavras.

Jagger deixou claro seu desagrado por certos artistas, desde grandes bandas que deram aos Stones uma corrida pelo seu dinheiro até os titãs de cenas musicais opostas. Seus comentários sobre esses artistas menos favoritos são amplamente conhecidos e divulgados.

Mas quais são estes artistas? A Far Out elencou os 5 artistas que ele odiava. Confira quais são abaixo:

Aerosmith


Mick Jagger realmente não tinha papas na língua quando se tratava de suas opiniões sobre Steven Tyler e o Aerosmith. Ele parecia ver Tyler como alguém que tentava imitá-lo e roubar seu estilo, em vez de uma forma de lisonja. A maneira como Jagger falou sobre Tyler em 1977 reflete isso, chamando-o de “quase muito doce” e sugerindo que ele era apenas mais um fã tentando se passar por ele. Jagger até zombou de Tyler, questionando o que poderia ser feito com ele além de dar um soco na boca. E quanto ao Aerosmith como um todo, Jagger não teve escrúpulos em dizer que os considerava “apenas lixo – uma besteira absoluta”. Essas palavras revelam claramente a falta de respeito de Jagger pelo trabalho de Tyler e do Aerosmith como banda.

New York Dolls

Mick Jagger realmente teve uma relação interessante com o punk, não é? É interessante como ele parecia ter preferências específicas dentro desse movimento. Ele até mesmo frequentava lugares como o CBGB para ver as bandas, mas os New York Dolls simplesmente não eram do seu agrado. Parece que ele queria algo mais autêntico e cru, algo que os Dolls talvez não tenham entregado da maneira que ele esperava.

Sex Pistols


Parece que a rivalidade entre os Sex Pistols e os Rolling Stones foi mais pessoal do que musical. Os punks britânicos da época queriam se afirmar como a nova geração descolada, e retratavam os Stones como parte do passado. Johnny Rotten chegou até a sugerir que os Stones se aposentassem, o que não foi bem recebido por Mick Jagger. Ele respondeu com sarcasmo, dizendo que Rotten só falava dele porque o admirava.

No fim das contas, os Sex Pistols não conseguiram manter sua carreira por muito tempo, enquanto os Rolling Stones continuaram a ser uma força duradoura na cena musical. Olhando para trás, parece ridículo que os punks pedissem para os Stones desistirem.

The Clash

O relacionamento de Jagger com o The Clash é interessante e um pouco contraditório. Ele os considerava sua banda favorita da era punk, apreciando sua mistura de sensibilidade dançante e rock. No entanto, à medida que o tempo passava e a cena punk original perdia força, Jagger começou a achar a banda obsoleta e até mesmo chata.

Ele expressou que não se sentia conectado com bandas como o Clash, que ainda estavam tocando regularmente, vendo-os como repetições do que já havia acontecido antes. Essa mudança de perspectiva pode refletir como as percepções de Jagger sobre a música e a cena evoluíram ao longo do tempo.

Herman’s Hermits

Interessante como as comparações podem ser incômodas, não é? Parece que Mick Jagger ficou cansado das constantes comparações entre os Stones e os Herman’s Hermits. Deve ter sido frustrante para ele sentir que estavam sempre na sombra de outro grupo. E ainda por cima, ser reconhecido como “os Hermits de Herman” em vez dos Rolling Stones… Imagino que isso possa ter sido um golpe para o ego.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade