fbpx

A história de como George Harrison descobriu a cítara

A ligação com a música clássica indiana foi o ponto de partida para George Harrison se conectar à cítara. Mas, até chegar a esse momento, os Beatles passaram por uma grande evolução nos primeiros anos, culminando no álbum Rubber Soul e, especialmente, na música Norwegian Wood (This Bird Has Flown).

Essa canção é considerada a primeira música ocidental a introduzir a cítara para o grande público do ocidente.

Quanto à jornada até a cítara, ela começou em meados da década de 60, quando os Fab Four tiveram seus primeiros encontros com drogas psicoativas e outras culturas.

O primeiro ocorreu com a ajuda de Bob Dylan em 1964, e alguns anos depois, os Beatles viajaram para a Índia para conhecer Maharishi Mahesh Yogi.

Esses foram dois momentos cruciais e intimamente ligados, fazendo com que a banda mudasse seu curso para territórios até então inexplorados.

Em agosto de 1964, os quatro rapazes de Liverpool, já não tão jovens, encontraram Bob Dylan em Nova York após um de seus shows no Forest Hills Tennis Stadium, no Queens. O americano do folk deixou os ingleses tão chapados que Paul McCartney sentiu, por um momento, que havia descoberto o sentido da vida.

Credito: foto montagem via Reddit

Ele relembrou esse momento no Adam Buxton Podcast em 2020. “Lembro-me muito bem, sabe,” disse Paul McCartney, e completou, “Estávamos hospedados naquele hotel [o Delmonico na cidade de Nova York] e estávamos em turnê, então estávamos todos juntos na suíte do hotel. Estávamos tomando uma bebida, e então Bob [Dylan] chegou e desapareceu nos fundos. Então Ringo foi vê-lo, e depois de alguns minutos, Ringo voltou para a suíte parecendo um pouco atordoado e confuso, e nós dissemos: ‘E aí?’ e ele disse: ‘Oh, Bob está fumando maconha lá atrás,’ e dissemos: ‘Oh, bem, como é?’ e Ringo disse: ‘Parece que o teto está caindo um pouco.’”

A partir dali, os Beatles se envolveram com o psicotrópico, tanto que a banda estava chapada, com olhos vermelhos e apetites vorazes, durante a gravação do álbum de 1965 Help! e a filmagem do seu filme musical correspondente.

Nas filmagens de Help! a banda tentava decorar suas falas e falhava miseravelmente, rindo o tempo todo. Sempre com o apetite aguçado e mais interessados em um prato de cheeseburgers do que na gravação do filme. A banda passeava lentamente pelas cenas, uma das quais acontecia em um restaurante onde uma banda indiana tocava música de cabaré. Os instrumentais, liderados por uma cítara, fascinaram a consciência chapada de Harrison e causaram uma conexão emocional potente e imediata.

Esse foi o clique que faltava nas conexões psicoativas e na cítara. O instrumento era enorme, com 18 cordas e assim, George Harrison foi pesquisar mais sobre ele mais tarde.

Passou algum tempo, e Harrison trocou uma ideia com o vocalista do The Byrds, Roger McGuinn, que o sugeriu dar uma olhada na música de Ravi Shankar.

Em 1965, Harrison teve a chance de conhecer Shankar, que se tornou amigo e mentor do Beatle quieto. Aqui começou a exploração da música e espiritualidade oriental pelos Beatles, culminando em uma viagem à Índia em 1968.

Ouça a demo com mais cítara de Norwegian Wood (This Bird Has Flown) abaixo:

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade