fbpx

Mick Jagger e a música dos Rolling Stones que ele não gosta

Os Rolling Stones têm uma carreira lendária de mais de 50 anos, marcada por inúmeros sucessos que ecoam como hinos do rock. No entanto, há uma revelação surpreendente vinda do próprio Mick Jagger, líder da banda.

Em uma entrevista reveladora, Jagger compartilhou sua perspectiva sobre uma das músicas mais emblemáticas dos Stones: “Street Fighting Man”. Essa faixa, aclamada por seu conteúdo social e político, foi uma escolha peculiar para o cantor.

Para o líder dos Rolling Stones, a música, que ecoou como um hino de resistência, parece ter perdido seu brilho. Essa mesma música foi escolhida por Keith Richards como tendo um dos melhores riffs da banda.

Embora tenha sido uma peça significativa durante um período turbulento, Mick Jagger expressou dúvidas sobre sua relevância atual. Ele questiona se a música ainda ressoa com o público moderno, indicando uma mudança em sua percepção ao longo do tempo.

“Street Fighting Man” não foi apenas uma composição casual; ela foi forjada em meio a um cenário de agitação política e social. Jagger se inspirou na revolta estudantil francesa de 1968 e na resistência anti-guerra, trazendo à tona questões cruciais da época.

Apesar de ter sido considerada uma música excepcional na época de seu lançamento, Jagger agora olha para trás com uma visão diferente. Sua admiração diminuiu, levantando questões sobre como as experiências pessoais moldam a conexão de um artista com sua obra.

Em tempo, a banda continua a sua tour do disco Hackney Diamonds. E em recente entrevista à Rolling Stone, Patrick Woodroffe, o o designer de iluminação que acompanha a banda desde 1982, conta como se sente privilegiado em acompanhar a banda, tanto nos shows mas, principalmente nos ensaios. E ele revela que, para esta turnê atual, a banda chegou a ensaiar entre 70 e 80 músicas.

Eles sempre ficam juntos por pelo menos três ou quatro semanas para ensaiar para uma parte da turnê. Sem fantasias, sem cenário, sem fumaça e espelhos, sem público, é claro. E eles tocam, tocam e tocam, ensaiando músicas de shows de décadas atrás, como “Satisfaction” e “Gimme Shelter”, bem como tocando músicas que podem ser trocadas dentro e fora dos setlists na hora. Para a Hackney Diamonds Tour do grupo, que começou em Houston em abril, a banda passou um mês praticando de 60 a 70 músicas em Los Angeles.”

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade