fbpx

Porque Brian Jones odiava o maior hit dos The Rolling Stones?

Brian Jones, membro fundador dos Rolling Stones, é frequentemente lembrado por seu talento multifacetado e sua contribuição inestimável para a banda durante os anos 60. No entanto, poucos sabem da complexa relação que ele tinha com o sucesso estrondoso da banda, especialmente com a música que se tornou o maior hit do grupo, Satisfaction.

Jones estava no auge do estrelato do rock com os Rolling Stones, mas Satisfaction representou uma espada de dois gumes que o fez detestar seu lugar na banda. Antes mesmo de sonharem com hits, Jones foi o arquiteto da formação do grupo, gerenciando os negócios e até nomeando a banda. No entanto, a ascensão de Mick Jagger e Keith Richards como principais compositores mudou a dinâmica do grupo.

Satisfaction marcou uma virada para os Rolling Stones. Concebida por Keith Richards durante uma turnê, a icônica guitarra de cinco notas definiu o que seria o rock and roll. Com a música focada nesse riff, Jones percebeu que a banda não lhe pertencia mais. Apesar de sua habilidade em tocar praticamente qualquer instrumento, ver a banda sendo tirada de suas mãos não era algo que ele poderia simplesmente ignorar.

Além da falta de trabalho solo na música, Jones teve ainda menos a fazer quando chegava a hora de tocar a faixa ao vivo. Se ele não podia se destacar na canção, ele teria que provar seu valor através de sua música. Alternando entre diferentes instrumentos, Jones apresentou um currículo musical que muitos músicos invejariam, tocando de piano a dulcimer, de oboé a tudo o mais entre eles, enquanto trabalhava nos álbuns centrais da banda.

No entanto, ter a música na alma pode ser difícil quando se está destinado a ser um coadjuvante pelo resto da vida. Quando os Stones começaram a entrar em sua fase lendária, Jones parecia se desligar na maior parte do tempo, com o produtor Jimmy Miller lembrando que Jones passava a maior parte do tempo sentado em um canto e mantendo-se isolado.

Com o tempo, no entanto, a contribuição de Jones foi reconhecida e aplaudida por muitos fãs, que lamentaram sua trágica morte pouco depois de ser demitido da banda. Ainda assim, nenhum reconhecimento poderia compensar a insegurança que Jones sentia por ser rebaixado em seu próprio grupo.

A história de Brian Jones é uma lembrança de que o sucesso pode ter um lado sombrio, especialmente para aqueles que veem seu papel e influência diminuídos diante de seus olhos. Sua genialidade e complexidade continuam a fascinar e inspirar músicos e fãs ao redor do mundo.

Ouça abaixo Satisfaction dos The Rolling Stones

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio DinamicoFM

Publicidade

Pré-venda LP Noturnall – Cosmic Redemption

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias