fbpx

Ed Motta viraliza com declarações ofensivas sobre hip hop e gera revolta

Na noite desta quarta-feira (12), Ed Motta se tornou o centro de uma grande controvérsia nas redes sociais, especialmente no X/Twitter, após um trecho de uma live em que ele ofende ouvintes de hip hop viralizar. A polêmica começou quando o cantor afirmou que pessoas inteligentes escutam jazz, sendo acusado de preconceituoso. Ele respondeu à crítica dizendo: “Eu não sou branco, sou preto, mas eu represento o que a raça tem de mais sofisticado“. As informações são da 89 FM.

Ed Motta não parou por aí e disparou duras críticas aos fãs de hip hop: “É burro, qualquer um que ouve hip hop é burro”. Em um trecho destacado pelo canal Funk Mídia, alguém na live questiona: “Mano Brown é burro?“. Ele respondeu enfaticamente: “É burro. Qualquer um. Qualquer um. Qualquer um… sem exceção”.

O cantor também aproveitou a ocasião para criticar o humorista Rafinha Bastos. “Outro dia eu vi um trecho de uma entrevista com esse bobalhão desse Rafinha Bastos. ‘É porque Hip Hop é o tipo de música que eu mais gosto de ouvir’. Pô, o cara é um imbecil”.

Quando questionado por um internauta sobre quais músicas pessoas inteligentes costumam ouvir, Ed Motta respondeu rapidamente: “Jazz, música clássica, Steely Dan”.

Esta não é a primeira vez que Ed Motta se envolve em controvérsias. No ano passado, ele fez declarações igualmente polêmicas, dizendo que Elvis Presley era um imbecil, que esmurraria a cara de Johnny Cash e que Raul Seixas era musicalmente “ruim para car*lho”.

A repercussão dessas declarações foi imediata, gerando uma onda de protestos de músicos e fãs de hip hop, que consideraram os comentários desrespeitosos e preconceituosos.

Autor

Uma resposta para “Ed Motta viraliza com declarações ofensivas sobre hip hop e gera revolta”

  1. […] vídeo em seu perfil no Instagram para pedir desculpas à comunidade hip-hop. Na semana anterior, durante uma transmissão ao vivo na mesma rede social, Motta fez declarações polêmicas, afirmando que qualquer ouvinte do estilo […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *