fbpx

Eduardo Penna estreia carreira solo com álbum “ok baiano”

Cantor, guitarrista, produtor e compositor baiano, Eduardo Penna, radicado em Brasília desde 2014, passou por diversas bandas e participou ativamente da cena de rock independente de Salvador (BA) no início dos anos 2000. Como compositor, teve a faixa “Nada Sem Você” gravada por Erika Martins (Penélope/ Autoramas). Nos últimos anos continuou produzindo, mas só em 2023 entendeu que era hora de gravar seu primeiro álbum solo, “ok baiano”, que chegou nesta sexta-feira (2) às principais plataformas de streaming.

Com a colaboração de amigos músicos tanto da Bahia, quanto de Brasília, o disco reflete o próprio Eduardo: um pouco baiano, um pouco brasiliense. “‘ok baiano’ pretende soar cru e com instrumentação que vá além do básico ‘roqueiro baixo, guitarra e bateria’. O disco tem muitos metais e cordas, assim como banjo, lap steel, guitarra baiana. Apesar de, por muito tempo, ter tocado em bandas punk/bubblegum, minha maior influência é sem dúvida o indie, seja dos anos 90 – Weezer, Smashing Pumpkins, Pixies e Placebo – ou os mais contemporâneos como The Front Bottoms , Skating Polly e Jeff Rosenstock”, revela Penna.

A faixa de trabalho escolhida pelo músico para apresentar o álbum é “Antiviral”, que versa sobre o sentimento de desconexão de quem cresceu em um mundo analógico e passou a viver no mundo digital. “Fala sobre a dificuldade de se adaptar a essa nova realidade em que, às vezes, os momentos parecem só existir se forem devidamente registrados e compartilhados”, explica.

Lançado de forma totalmente independente, “ok baiano”, de acordo com Eduardo Penna, é o resultado de mais do que uma vontade. “É resultado de uma necessidade de se expressar e aproveitar a vida por meio da música”.

Ouça “ok baiano” na íntegra:

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *