fbpx

IDLES usa deepfake em novo vídeo com a benção do Coldplay

TANGK do IDLES foi lançado hoje (16), portanto já está nos streamings, mas o que vem chamando a atenção do público é o seu novo videoclipe/single, Grace.

O vídeo de Grace borra as linhas entre arte e tecnologia, o IDLES utilizou a tecnologia de deepfake para transformar visualmente o clássico clipe de Yellow do Coldplay em uma representação distinta da sua própria identidade. Joe Talbot, a força criativa por trás do IDLES, encontrou inspiração para essa abordagem não convencional em um sonho.

Surpreendentemente, o vocalista do Coldplay, Chris Martin, não apenas endossou o conceito, mas também participou ativamente do treinamento da inteligência artificial responsável por imitar seu estilo de canto.

O resultado é extraordinário, com o vídeo apresentando uma fusão perfeita do estilo distinto do IDLES e da icônica imagética do Coldplay. No entanto, essa empreitada avant-garde gerou uma discussão controversa dentro da comunidade musical.

Seria esta uma inovação artística revolucionária, empurrando os limites da criatividade e expressão, ou ela levanta preocupações éticas sobre o uso da tecnologia deepfake na produção musical?

A colaboração entre o IDLES e Chris Martin não apenas resultou em um videoclipe visualmente impressionante, mas também iniciou um diálogo sobre a interseção entre arte e avanços tecnológicos na indústria musical moderna.

De que lado você está?

Assista abaixo o clipe de Grace do IDELS e tira suas própria conclusões.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias

Publicidade