fbpx

John 5 responde sobre acusações de fazer playback em shows

John 5, guitarrista do Motley Crue, recorreu às redes sociais para desmentir as alegações de que estaria fingindo tocar suas partes de guitarra durante os shows da banda. Essas acusações surgiram recentemente no YouTube e foram amplamente compartilhadas por alguns sites de rock e metal. Um dos vídeos afirmava que ele não estava tocando durante a música “Wild Side” – à primeira vista, parecia que a música continuava enquanto o guitarrista não movia as mãos.

Na manhã de terça-feira, John 5 postou um vídeo no Instagram abordando essas acusações e fornecendo uma explicação técnica sobre sua performance. “Eu faço essa coisa de virar a palheta no pescoço”, explicou ele, demonstrando como jogava a palheta no ar e a pegava para completar o riff em questão. Ele também respondeu às alegações de que sua “mão nem estava na guitarra” enquanto tocava “Too Fast for Love”, demonstrando o uso de técnicas como hammer-ons e pull-offs durante o riff de corda única.

Muito simples. Não é grande coisa”, concluiu. “Muitas coisas são tocadas com uma só mão. Muitos músicos sabem disso. Então, nada com que se preocupar, nada de faixas de apoio.”

Com essas explicações, John 5 busca esclarecer qualquer dúvida sobre sua integridade como músico e reafirma que suas performances no palco são genuínas, utilizando técnicas conhecidas por guitarristas experientes.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *