fbpx

Radar Disconecta: Lançamentos da semana de 22 de março de 2024

Sexta é sempre dia de Radar Disconecta, por aqui você já sabe, os discos que foram lançados na semana e fizeram a cabeça da reação deste humilde portal.

E essa semana temos os

The Jesus and Mary Chain – Glasgow Eyes

Os escoceses mantém as suas raízes enquanto trazem um toque de modernidade ao seu som. O novo disco, apesar de parecer confuso na primeira audição, é um resgate da sonoridade inicial, mas com muitos toques experimentais. Talvez precise de mais de uma audição para assimilar Glasgow Eyes, um disco não convencional e intransigente.

Gossip – Real Power

Real Power é um disco que mostra uma maturidade para o grupo da cantora Beth Ditto. O poppunk característico, com todo aquele ativismo pregado pela banda está ali, mas o que vemos neste lançamento é um disco com muitas pitadas de funk, Motown e rock, com instrumentais energéticos. O ponto alto (claro) é a voz reconhecível de Beth. E aqui em Real Power, seu crescimento como artista fica evidente em Tell Me Something, uma das mais marcantes deste disco.

Rosegarden Funeral Party – Fom the Ashes

Após uma parada de dois anos Leah Lane e banda retornam com um disco que faz juz ao seu lema: se reinventar. Um disco que soube captar essa nova fase, refletindo a mudança interna externamente e mais de perto com suas influências diretas. Para os amantes dos synths dos anos 80, com pitadas diretas de Siouxie Sioux e Morrisey. From The Ashes é verdadeiramente um álbum sobre aprender como deixar ir, em vez de um álbum sobre já ter deixado ir.

Gary Clark Jr – JPEG RAW

Os limites de Gary Clark Jr não tem fim. É juntando jazz, funk, rock and roll, batidas africanas e um pé enfiado no soul que ele lança cheio de adrenalina e fuzz o álbum JPEG RAW. Fluindo lindamente em um terreno totalmente analítico e descolado, as faixas What About The Children e a faixa de abertura Maktub já podem ser consideradas clássicos na sua carreira. Destaque para a faixa What About The Children contando com Stevie Wonder e Funk Witch U com a presença de George Clinton. Gary acertou em cheio em seu novo trabalho.

Graxelos – Shangri-lá

Os universos sensoriais do Southern Rock, Gospel, Folk, se encontram com alguns elementos musicais brasileiros, elas se contemplam de forma uníssona. É o caso do álbum de estreia da banda Graxelos. Formado por grandes integrantes, vindos de bandas como TNT e Pata de Elefante, se propuseram a fazer uma sonoridade que traz este resgaste sonoro americano que conversa com a temática de nosso Brasil. O primeiro single, “O Viajante é uma porta aberta de um carro pronto para pegar uma estrada e viajar pelas estradas do interior do Rio Grande Do Sul, sob um olhar reflexivo da vida. Isso nos faz sentir ao ouvir a canção, em tom climático folkiano com doses de Almir Sater e Renato Teixeira. Escute esse disco quando estiver pegando a estrada

Ouças os discos recomendados da semana no Radar DISCONECTA

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *