fbpx

Resenha Show AC/DC, Veltins Arena, Gelsenkirchen – 21/05/2024

Por um “erro”, acabei assistindo a segunda apresentação do AC/DC na Veltins Arena, em Gelsenkirchen na Alemanha. Quando abriram as vendas, somente consegui comprar tickets para o segundo show, numa terça-feira à noite, e arquibancada. Sabia que seria difícil, principalmente para trabalhar no dia seguinte.

Dias depois dessa compra, tive a oportunidade de comprar para o primeiro dia, que seria numa sexta-feira, e pista, exatamente como eu queria!! Comprei, na esperança de vender os outros ingressos. Achei que seria fácil, pois todos os ingressos já estavam esgotados.

Para minha surpresa, quando anunciei a venda no site oficial da Eventim (empresa que comercializa ingressos para shows e espetáculos) haviam CENTENAS de ofertas, alguns com preços absurdos tipo MIL EUROS por um único ingresso! Anunciei os meus pelo preço que havia pagado, o que me deu mais esperança de vende-los. Com o passar dos dias, tive que começar a pensar em como ir ao show, caso não vendesse.

Uma semana antes abaixei o preço, vendendo por menos que havia pagado. Nada. Bom, vamos a show então. Entendam, não que eu não goste de AC/DC ou de ir à concertos, mas terça-feira, numa cidade longe de onde moro, num evento para 62 mil pessoas, sabia que seria complicado. Para o primeiro show, peguei o dia de folga, assim pude dormir até mais tarde (levanto todo dia 4:50hs), e pudemos ir cedo para o local.

Bom, saímos de casa as 17hs, duas horas antes da banda de abertura, The Pretty Reckless. O tempo de viagem, segundo o Google Maps era de 50 minutos. Faltando 10 km para chegar na Veltins Arena, trânsito totalmente parado na rodovia. Ao saímos da rodovia para a avenida que dá o acesso ao local do show, caos total!! Trânsito totalmente parado. Não dava para fazer absolutamente nada. Estacionamentos lotados, tráfego infernal, e para dar um toque mais caótico no momento, uma chuva torrencial.

Não tínhamos muito o que fazer, a não ser esperar. O tempo foi passando. Às 19 horas estávamos ilhados num mar de carros, sem sair do lugar por mais de 15 minutos. Começamos a andar devagar, e sem lugar para parar o carro. Todos os estacionamentos lotados (segundo o site, existem vagas para 14 mil carros!!). Chegando perto de uma rua, tinha uma placa de proibida a entrada, mas vi alguns carros entrando na via. Decidimos seguir, e logo vimos os carros estacionando à meio fio. Mesmo sendo completamente errado, decidimos parar, até porque não tínhamos mais aonde ir. As leis de trânsito na Alemanha são bem rígidas, mas acredito que situação de caos do momento fez com que a polícia fizesse vista grossa.

Entramos no estádio faltando uma música para acabar a apresentação da banda de abertura. Tentamos encontrar nossos assentos, novamente um mundaréu de gente, bares com filas infinitas que dificultava a locomoção nos corredores. Conseguimos chegar em nossos lugares às 20:15hs, somente quinze minutos antes do show do AC/DC começar. Deu somente tempo para retomar o folego e logo as luzes apagaram e o vídeo de abertura começou.

A apresentação foi basicamente a mesma do primeiro dia, somente trocaram a ordem da música Rock and Roll Train. Por eu estar agora na arquibancada, pude ter uma visao melhor e mais detalhada do palco. O som estava excelente, e na minha opinião a voz do Brian estava melhor. Teve algumas falhas, mas menos que no primeiro dia.

Mais uma vez, um show incrível, com Angus parecendo um garoto de 16 anos, correndo, dançando, pulando… (desta vez ele não se deitou no chão, como na primeira apresentação). Eu senti falta de alguns sucessos, como Money Talks por exemplo. Mas se o AC/DC, uma das maiores bandas de rock de todos os tempos tocasse todos seus maiores sucessos, o show teria pelo menos 4 horas de duração!!

O set list foi composto novamente por 24 músicas:

If You Want Blood (You’ve Got It)
Back in Black
Demon Fire
Set Down in Flames
Thunderstruck
Have a Drink on Me
Hells Bells
Shot in The Dark
Stiff Upper Lip
You Shook me All Night Long
Rock and Roll Train
Shoot to Thrill
Sin City
Give The Dog a Bone
Dirty Deeds Done Dirt Cheap
Dog Eat Dog
High Voltage
Hell Ain’t a Bad Place To Be
Riff Raff
Highway To Hell
Whole Lotta Rosie
Let There Be Rock
T.N.T
For Thouse About Rock (We Salute You)

Que venha o próximo.
André Corvini.

Autor

  • André Corvini

    André Corvini, nascido em Valinhos-SP, criador e locutor do Programa Rock ao Máxximo, existente desde jan/2014, primeiramente na Rádio Maxximo de Sorocaba e atualmente na Rádio Valinhos FM. Colecionador de Cds desde 1991, e tenho como hobby ir a shows de rock. Hoje moro na Alemanha, sou casado e pai de 4 filhos.

    View all posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio DinamicoFM

Publicidade

Pré-venda LP Noturnall – Cosmic Redemption

Social Media


Assine nossa newsletter!

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.


Últimas notícias