fbpx

O álbum transformador dos Rolling Stones segundo BB King

Os Rolling Stones, uma das bandas mais icônicas da história da música, deixaram um legado profundo que influenciou não apenas os fãs, mas também outros músicos de renome. BB King, um dos maiores nomes do blues, sempre expressou grande admiração pelo grupo. Em uma entrevista ao The Guardian em 2008, King revelou seu entusiasmo pelos Rolling Stones, especialmente após ter aberto os shows da banda durante a turnê de 1969. Para King, tocar com os Stones foi uma bênção e um momento marcante em sua carreira.

King destacou a importância do álbum “Beggars Banquet”, lançado pelos Rolling Stones em 1968, na difusão do blues. Segundo ele, este álbum abriu os olhos de muitas pessoas, tanto negras quanto brancas, para um gênero musical que muitos desconheciam. Ele desejava que o blues fosse reconhecido como uma música significativa e que os músicos de blues fossem vistos como pessoas com histórias valiosas.

Após a morte de King em maio de 2015, Jagger lembrou de seu amigo: “Eu estava olhando uma foto minha e de BB nos bastidores do Madison Square Garden em 1969… Ele fez muitos shows conosco naquela turnê. A última vez que tocamos com ele foi num show de blues na Casa Branca. É triste. Ele teve uma carreira enorme e longa. É triste que não ouçamos mais isso ao vivo.”

Por sua vez, Keith Richards também observou de forma pungente: “Ele foi um dos grandes. Grande estilo. BB era um cara legal. Ele foi um dos verdadeiros cavalheiros e sentirei muita falta dele, sempre nos divertimos muito com ele quando nossos caminhos se cruzaram. Pelo menos temos as músicas deles juntos. Tchau BB“.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *