fbpx

Rock Rarity apresenta: APERCO

Formada na capital Tel Aviv, a banda israelense APERCO começou sua trajetória em 2013 como um quarteto, que contava com Tom Maizel (guitarra e voz), Tal Maizel (teclados), Yuval Raz (baixo) e Dor Adar (bateria).

Seu único trabalho é o álbum conceitual  “The Battle”, lançado em 2016, que apresentava influências do Rock clássico e de bandas Progressivas britânicas dos anos 70. “The Battle” é resultado de dois anos de muito trabalho em estúdio com estreita colaboração de seu produtor, e que obteve muitos elogios da crítica especializada.

O conceito por trás do álbum, (cujo CD vem em uma capa digipack muito bonita com detalhes em relevo na frente e um livreto muito bem elaborado com letras e créditos), é a cadeia de motivos que descrevem o ciclo de vida de uma pessoa, enquanto cada faixa do álbum descreve um estágio emocional diferente. A música é principalmente sinfônica, mas também há partes psicodélicas evidentes em alguns momentos.

Abrindo o disco, “Intro” e “Focused”  – fortemente inspirada na banda holandesa FOCUS  – demonstram um início muito promissor, com uma bela flauta tocada pelo convidado Eran Teicher, trazendo a mente o CAMEL da era “Snow Goose”. “Another Day to Live” (5:56), continua sua inspiração CAMEL com um belo solo de guitarra na abertura, antes do violão apresentar a primeira parte vocal do álbum.  As partes instrumentais com mais guitarras, e até mesmo um solo de sax do artista convidado Neil Kalman, contribuem para o peso dessa peça. “A Call for submit” abre com diferentes vozes, e apresenta longas passagens instrumentais de guitarra.

A faixa título (com 11:38 minutos) é muito variada, com mais passagens instrumentais, incluindo piano e sintetizadores. Mais um destaque do álbum! A seguir seguem duas peças instrumentais, com “Euphoria” começando em ritmo acelerado, antes de desacelerar para um território quase ambiente, construindo lentamente uma melodia inspirada em CAMEL com flautas mais uma vez adicionadas. “Delirium Before Lunch” é mais experimental com baquetas e riffs mais sincopados, partes jazzísticas e colagens sonoras. As faixas abrem e fecham com um piano solo, com um pequeno violão adicionado no final. “Dissonant Sound Within” abre com uma parte vocal um tanto sem brilho, antes de alguns belos solos de guitarra do vocalista entrarem em ação e tornarem a faixa uma experiência agradável. “Horizon” é uma curta peça instrumental com flauta e violão também profundamente enraizada no território CAMEL, antes da grande peça final, “Awaken”, semelhante apenas no nome à famosa faixa de encerramento de “Going for the one” do YES. Passando pelos vocais na seção de abertura, um banquete instrumental com flautas, guitarras e teclados é revelado, culminando com uma nova abordagem do tema de abertura de “Intro” e “Focused”.

Comparações com CAMEL são inevitáveis e, obviamente, a holandesa FOCUS e o PINK FLOYD da era Gilmour vem à mente. O vocalista Tom Maizel tem um desempenho muito bom nas guitarras, mas seus vocais são inferiores ao seu desempenho instrumental. Apesar de não apresentar nenhuma novidade, o APERCO apresenta um trabalho muito interessante e cativante; no qual, a guitarra e o piano soam otimamente, assim como a flauta que tem um toque muito agradável. Os destaques vão para as seções instrumentais que fazem com que “The Battle” mereça uma audição atenciosa.

Artista: APERCO
Álbum: The Battle
Ano: 2016
Gêneros: Rock Clássico, Progressivo Britânico
País: Israel

Aperco – The Battle

1. Intro (2;19)
2. Focused (2:25)
3. Another Day To Live (5:56)
4. A Call For Submission (5:45)
5. The Battle (11:38)
6. Euphoria (6:31)
7. Delirium Before Lunch (5:01)
8. Dissonant Sound Within (7:38)
9. Horizon (2:38)
10. Awaken (11:39)

Músicos

– Tom Maizel / guitarra e vocais
– Tal Maeizel / teclados
– Yuval Raz / baixo
– Dor Adar / bateria

Convidados:
– Eran Teicher / flauta
– Neil Kalman / saxofone

Autor

  • Fabio Costa

    Desde os 13 anos de idade quando conheceu o rock sua vida ganhou outro sentido. Costuma dizer que tem o bichinho da curiosidade, e isso sempre o impulsionou a pesquisar e conhecer mais e mais bandas de variados estilos e épocas, principalmente dentro da Música Progressiva, sua maior paixão. É dono dos blogs “A Máquina de Fazer Sonhos” (amakina.blogspot.com) e “Rock Story” (rockstoryblog.blogspot.com), e atualmente apresenta os programas “Rock Laser” e “Na Hora do Rock” pela ProgSky web radio (ProgSky.com), nos quais deseja proporcionar ao ouvinte o mesmo prazer que sente ao ouvir música de qualidade.

    View all posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *